O que devo fazer para cuidar da minha audição se trabalho em ambiente ruidoso?

Para muitos profissionais conviver com o barulho no ambiente de trabalho é inevitável. Operários de fábricas, músicos, DJs, operadores de Call Center, trabalhadores de gráfica, entre muitos outros, estão expostos a ruídos intensos diariamente.

Para esses profissionais que estão expostos diariamente a altos ruídos, o risco de desenvolver problemas na audição aumenta significativamente. Em um ambiente de trabalho como um escritório, o som pode chegar a até 70, 80 dB, um volume que já é considerado no limite. A exposição contínua a sons acima de 85 decibéis por mais de oito horas já pode levar à perda de audição. Este é um problema que demora muitas vezes para ser percebido, pois a lesão auditiva não acontece de um dia para o outro, ela é cumulativa. Mas, basta uma hora por dia ouvindo música acima de 100 decibéis (e se for usando fones de ouvido é ainda pior), somada a outros hábitos e ambientes barulhentos, que com o tempo, a dificuldade de compreender conversas e ouvir sons vai se agravar.

O crescimento da poluição sonora é outro fator que vem aumentando e favorecendo a perda auditiva induzida por ruído. Por causa do barulho intenso do trânsito, pessoas que trabalham na rua, como garis, motoqueiros, ambulantes, também podem apresentar prejuízos na audição.

Para combater a perda auditiva no ambiente de trabalho, o uso frequente de protetores auriculares também são recomendados, pois reduzem o volume excessivo. Entretanto não impede de ouvir o som ambiente, é necessário um acompanhamento permanente. Trabalhadores de indústrias, por exemplo, têm que ser submetidos a exames de audiometria periodicamente e, quando constatada alguma alteração, serão solicitadas outras avaliações mais detalhadas.

A exposição a barulhos excessivos no ambiente de trabalho é um dos principais fatores ocupacionais que mais geram anos vividos com incapacidade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O ruído excessivo ao organismo não acarreta somente a perda de audição, pode ainda provocar ansiedade, insônia, dores de cabeça diminuição no rendimento no trabalho, distúrbios no sistema nervoso central e dores de cabeça.

A perda auditiva causada por ruído é muito mais comum do que se pensa e, nos dias agitados de hoje, ainda tende a aumentar o número de pessoas com este problema. O ideal é realizar com frequência exames com especialista e monitorar se existe alguma lesão ou início da perda auditiva, e, se for o caso, receber orientações para um possível tratamento. Uma boa dica para o dia a dia é aprender a se desligar de tudo por alguns minutos, ao longo do dia, e procurar locais de silêncio completo, além de dormir sem interferência de ruídos.

Para manter sua saúde auditiva faça regularmente exames preventivos. A Ouvir Mais tem as melhores opções para o cuidado da sua audição.  Preencha o formulário no site e nossa equipe de profissionais entrará em contato para um atendimento personalizado.