Lays França

A timidez ainda acompanha a jovem Lays França, 19 anos, mas quem a conhece agora, trabalhando e fazendo amizades, não imagina como sua vida já foi diferente.

Quando bebê seus pais perceberam que seu desenvolvimento era diferente. E apesar das idas a médicos, apenas com dois anos foi diagnosticada com perda auditiva profunda. “A gente percebia que chamávamos e ela não olhava, e que demorou para desenvolver as primeiras palavras. Mas sempre associávamos que era pela pouca idade e que com o tempo ia passar, mas isso não aconteceu”, lembra Girleide França, mãe de Lays.

A falta de um resultado preciso trouxe consequências para a infância de Lays, que com esforço foram minimizadas. “O dia a dia na escola para acompanhar as aulas exigia muita dedicação, como conseguia fazer leitura labial ajudava bastante. Fazer amigos e acompanhar o ritmo da casa não era simples, mas tinha apoio dos professores e em casa meus pais sempre ajudaram”, recorda Lays.

Ainda criança Lays começou a usar um aparelho auditivo. “Senti uma diferença, mas a adaptação foi muito difícil. O aparelho era enorme, e sentia muita dor de cabeça pelos ruídos e vergonha por chamar atenção das pessoas, por tudo isso não me sentia segura e vivia tirando o aparelho”, explica Lays.

Surgiu a oportunidade de um emprego e voltou a vontade de usar um aparelho auditivo. Pesquisando pela internet Lays encontrou a Ouvir Mais e ficou encantada com os tamanhos reduzidos e as funções modernas. Convencer seus pais a irem até a Ouvir Mais foi fácil, pois eles sempre desejaram buscar mais qualidade de vida para sua filha. “Já no atendimento e acompanhamento percebemos as diferenças. Ajustamos nosso orçamento e a forma facilitada para adquirir o aparelho foi fundamental para nossa decisão. Era muito importante que ela se sentisse segura e a equipe Ouvir Mais foi excelente em todo processo”, afirma Girleide.

Em pouco tempo tudo estava diferente. “Hoje Lays está muito melhor, ganhou mais confiança, ficamos mais seguros com ela em casa ou na rua e até já está fazendo novos amigos na empresa. Tudo isso depois dos aparelhos pequenos e corretos da Ouvir Mais”, comemora sua mãe.

Atualmente Lays está trabalhando e os planos não param. “Quero fazer faculdade de administração, hoje me sinto segura para estudar, trabalhar e até conversar está ficando cada dia mais fácil”, finaliza Lays.